Tesouros das Terras de Lanhoso

Quinta-feira, 06 de Agosto de 2015

Depois de um dia de intenso calor na cidade invicta os 16 caminheiros/rutas rumaram até ao Gerês com sede de iniciar a vivência do desafio “Tesouros das Terras de Lanhoso”. Depois do acolhimento e motivação na primeira noite, nos próximos dias espera-os um Hike por montes e vales até à conquista do castelo de Lanhoso.

Depois da conquista, do castelo, terão direito ao merecido jantar medieval e a uma festa digna de reis e rainhas. Para o quarto dia está reservada uma viagem no tempo, que lhes permitirá reviver os primeiros passos dados na criação da nacionalidade portuguesa, num Hike até à cidade Berço.

Num primeiro dia de muito entusiasmo, a manhã, fez-se de um Hike que teve início em Merouço, uma aldeia típica, passando por uma oficina do Ouro, pelo Pontão e por Sobradelo da Goma. A tarde foi dedicada a atividades náuticas, com a canoagem no Rio Ave a encher as medidas dos caminheiros/rutas que escolheram este como o seu Desafio.

Para além da presença de dois elementos espanhóis na tribo, também entre os portugueses há hábitos e pequenos traços culturais, a vários quilómetros de casa, que ainda fazem a diferença. Para Filipe Serrão, do Agr 581 – Vila Nova de Sto André - só há uma coisa que lhe causa mais estranheza do que o verde das paisagens: os palavrões que o povo nortenho usa com frequência. “Hoje durante o dia tivemos uma situação bastante engraçada com uma senhora que se cruzou connosco: perguntou-nos se eramos do Alentejo e, depois da nossa confirmação, soltou uns quantos palavrões de seguida. Lá em baixo (no Alentejo) não estou muito habituado a que as pessoas usem essas palavras com naturalidade, ainda estranho”, disse.

Entusiasmado com a atividade e com os restantes caminheiros/rutas presentes no Desafio, Filipe está convicto que tudo correrá pelo melhor. “As pessoas são fantásticas, estou com as expectativas elevadíssimas. A paisagem é incrível e o desafio é isso mesmo: desafiante. Tenho a certeza que estas pessoas vão dar o seu melhor”, terminou Filipe.